Indígena da Aldeia Lagoinha é a 14ª vitima fatal do novo coronavírus em Sidrolândia

01/08/2020 08h55 - Atualizado há 10 dias

O homem tinha 70 anos e havia dado entrada na UPA Santa Mônica, na capital, no dia 30/07

Cb image default
Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou na noite de ontem (31), por volta das 22 horas, o 14º óbito por COVID-19 no município de Sidrolândia.

A vítima fatal é um indígena de 70 anos, da Aldeia Lagoinha, que antes de ontem (30) havia dado entrada, com Síndrome Respiratória Aguda Grave, na UPA Santa Mônica, em Campo Grande, onde ontem (31) veio a óbito por complicações da doença.

O resultado do exame, atestando positivo para o vírus, havia sido coletado e enviado ao LACEN, que no dia de ontem emitiu o resultado.

O sepultamento foi realizado em um Cemitério de Campo Grande, sem realização de velório e conforme as normas preconizadas pelo Ministério da Saúde para todo caso suspeito ou confirmado para coronavírus.

Por TONI REIS