Crescem números de atendimentos e serviços na Assistência Social entre 2021 e 2023

07/02/2024 10h23 - Atualizado há 4 mêses
Cb image default
Sede da Secretaria de Assistência Social (Foto: Rafael Brites)

A atenção dada pela Prefeitura de Sidrolândia nos últimos anos no âmbito da Secretaria Municipal de Assistência Social (Seas), tem apresentado resultados satisfatórios para a população em razão dos investimentos em estrutura e técnicos, que incrementaram as políticas públicas voltadas às famílias beneficiárias.

Dados apresentados pela Seas, entre os anos de 2021 e 2023, período da gestão atual, revelam um salto no número de atendimentos, de 6 mil (2021) para mais de 8 mil no ano passado.

A Secretaria atribui essa evolução aos investimentos destinados pela Prefeitura ao setor, como a melhoria da estrutura física, logística maior em todas as áreas, aquisição de um micro-ônibus e mais três veículos para o deslocamento das equipes, que toda semana atendem nos assentamentos, nos dois distritos, aldeias e área urbana.

A Secretaria constatou que o aumento nos números acompanhou o crescimento da demanda no atendimento dos benefícios eventuais que realiza, como os auxílios cesta básica, natalidade, funeral, segunda via de documentação, auxílio financeiro e aluguel social que estão previstos na Lei do SUAS (Sistema Único de Assistência Social).

- Diariamente são atendidos 700 usuários participantes dos grupos e serviços oferecidos pela Assistência Social – afirmou a secretária, Aletânia Ramires Gomes.

Em relação às cestas básicas, mesmo com alguns problemas pontuais, como logística, o que gerou atrasos da entrega por alguns fornecedores, o benefício eventual é concedido normalmente, e registrou crescimento de 50% de famílias beneficiárias em relação aos anos anteriores.

Sidrolândia recentemente recebeu o selo da OIM (Organização Internacional de Migração), denominado “Migracidades2023” e se consolidou como uma cidade Amiga da População Migrante, pelo atendimento aos migrantes internacionais que se estabeleceram no município.

Outra novidade proporcionada pela atual gestão, é que Sidrolândia oficializou a Vigilância Socioassistencial, setor de grande importância para a Assistência Social, que realiza o mapeamento de dados e faz a gestão de informação das famílias assistidas.

Medida importante implantada pela Seas é o Plantão Social, com dois profissionais sempre disponíveis, um para a atenção básica e outro para a proteção especial, assegurando o rápido atendimento em todas as situações relacionadas à política de atendimento da Pasta.

Entre as inovações, também deu resultado positivo o Núcleo do Cadastro Único, que agora funciona de maneira centralizada, medida que melhorou a qualidade e agilidade do serviço ao usuário, inclusive com o novo horário, das 7h às 17h, sem intervalo para o almoço.

- Por estes motivos, houve um crescimento de 200% no número de usuários cadastrados, a equipe do Cadastro Único, realiza além dos atendimentos no núcleo, realiza visita domiciliares e mutirões para facilitar o acesso dos usuários que residem distantes do município em áreas remotas – explicou a secretária Aletânia.

Após reuniões entre gestores e técnicos do Gabinete da Prefeita e da Secretaria de Assistência Social, foi repaginado o antigo projeto “Essa Rua é Nossa” que passou a se chamar “Programa Lapidando Vidas”. Com a mudança, o valor mensal repassado subiu de R$ 648,00 para R$ 1.00,00, mais uma cesta básica no valor de R$ 300,00. Os participantes do programa renovado devem cumprir a exigência de estar estudando, para que conquistem espaço no mercado de trabalho, já que este é um projeto social que visa estimular os beneficiários a conquistar sua independência financeira.

Alguns projetos foram elaborados pelos técnicos da Seas, que resultaram na captação de recursos junto a instituições, como o Itaú Social e o Santander, que patrocinam projetos com idosos e crianças.

Um dos trunfos da gestão na área social, é a inscrição de projetos para a busca por recursos privados para fomentar as ações públicas e também a captação de recursos pela Campanha: “Declare Seu Amor: Leãozinho amigo das crianças adolescentes e idosos” que no ano de 2023 arrecadou R$ 1.040.765,75, recurso que será destinado às entidades sociais e projetos que atendem crianças, adolescentes e idosos.

A administração investiu e qualificou a equipe da Assistência Social, e o resultado surgiu, com o aumento de atendimentos, de projetos e de recursos.

Mauro Silva - Assessoria de Comunicação , Prefeitura de Sidrolândia