Operacão Shemot: Em referência ao Êxodo Bíblico Operação Integrada retira 4 trabalhadores em situação análoga à escravidão

09/02/2017 00h00 - Atualizado há 1 ano

A operação envolvendo as instituições Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Emprego (SRT/MS), Polícia Militar Ambiental e Polícia Civil foi na região do Pantanal de Corumbá/MS.

Trabalhadores encontrados em jornada exaustiva de trabalho, condições degradantes, sem água potável, sem alimentação adequada, sem direitos trabalhistas, sem alojamentos, utilizando barracos improvisados com lona no campo, fazendo alimentos em cupinzeiros e isolados da sociedade eram colocados para realizar trabalhos de campo.

Esta operação é resultado da integração das instituições e atuação da comissão Regional de direitos humanos da polícia rodoviária federal.

Desde o dia 28 de janeiro, Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo a PRF participou do resgate de 15 Trabalhadores em situação análoga à escravidão com o Ministério Público do Trabalho e SRT/MS.

A Operação na Fazenda do Pantanal teve fim no final da tarde de ontem, mas equipes de solo ainda retornam com muita dificuldade em razão do terreno.

Como a região é de difícil acesso, foi realizada uma força tarefa, com apoio aéreo fornecido pela PRF, por terra houve participação da polícia militar ambiental, além do grupo especializado em patrulha pelos rios, da PF e da polícia civil de Corumbá.

Os desdobramentos da *Operação Shemot*resultarão em procedimentos dentro das competências do MPT, da Superintendência Regional do Trabalho e da Polícia Federal.

Com imagens e informações da NUCOM - Núcleo de Comunicação Social da PRF