Após ser estuprada por sobrinho, mulher consegue dopá-lo e pedir ajuda

04/05/2021 09h09 - Atualizado há 13 dias

Vítima foi ameaçada de morte com uma faca pelo sobrinho

Cb image default
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Uma mulher de 39 anos passou momentos de terror quando o sobrinho de 25 anos foi até a sua casa em Campo Grande e a estuprou fazendo ameaças de morte com uma faca para a vítima, que conseguiu pedir ajuda depois de colocar calmante na água do autor, que não foi preso.

O caso está sendo investigado pela Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) onde nesta segunda-feira (3), a vítima fez o registro pelo crime de estupro. Ela contou que no domingo (2), o sobrinho foi até a casa dela por volta das 5 horas da manhã, e aparentava estar transtornado pelo uso de drogas.

Ele entrou na residência e aramado com uma faca a estuprou depois de fazer a tia se despir. A mulher contou que tentou conversar com o homem, mas ele continuava fazendo ameaças de morte. Sendo que em algum momento, o autor pediu para que ela fosse pegar água para ele.

Nisso, a mulher foi até a cozinha e colocou calmante na água o que fez com que ele ficasse mais tranquilo, mas passou a dizer que queria manter relações sexuais novamente com a tia, que pediu para ir ao banheiro. Foi nesse momento que ela pediu ajuda a familiares.

A mãe do autor foi até a residência e o levou de lá. O rapaz não foi preso já que havia passado o flagrante e o caso é investigado.

Thatiana Melo e Dayene Paz

MIDIAMAX