Filipe Toledo celebra título com Medina e amigos do Brazilian Storm

13/03/2015 00h00 - Atualizado há 2 anos

A eliminação precoce de Gabriel Medina em Gold Coast poderia representar frustração para a torcida brasileira na primeira etapa de 2015. No entanto, os outros representantes do país na abertura do Mundial de Surfe fizeram bonito. Principalmente Filipe Toledo, que deu um show na decisão e conquistou o título da etapa. Após o triunfo, o paulista de 19 anos fez questão de celebrar ao lado dos compatriotas, geração conhecida como o Brazilian Storm (em português, tempestade brasileira) e apontou a importância do apoio dos amigos.

- Significa muito para mim. Sempre que algum surfista do Brazilian Storm ganhava eu sempre estava torcendo na praia na final, carregava, abraçava... E significou muito para mim ver todos eles me abraçando, me dando parabéns, ver todo esse apoio brasileiro na praia. Não tem palavras para descrever o quanto estou feliz - disse o campeão da etapa de abertura do Mundial.

Parte da comemoração foi ao lado de Ítalo Ferreira, Silvana Lima, Jadson André e Gabriel Medina, Mineirinho. A participação brasileira em Gold Coast foi considerada positiva. Mesmo com Medina eliminado, três surfistas chegaram na semifinal masculina. Além de Filipinho, Miguel Pupo e Mineirinho também tiveram boas atuações. No feminino, Silvana caiu nas quartas. 

- Foi um campeonato alucinante para mim e para todos os brasileiros, que tiveram ótimos resultados. Os surfistas brasileiros provaram que esse ano vai ser alucinante para gente. Vamos dar o máximo para que mais um título mundial fique na mão de um brasileiro - afirmou  Filipinho.

No ano passado, o vencedor da etapa de Gold Coast, que abre a temporada do Mundial de Surfe, foi Gabriel Medina. Em dezembro, ele acabou se tornando campeão mundial após outras duas etapas vitoriosas (Teahupoo e Fiji), sendo o único do Brasil a levantar títulos na temporada. Medina, inclusive, também é considerado um prodígio da geração talentosa do país, ganhando etapas com apenas 17 anos. Ele fez questão de dar um abraço em Filipinho após o triunfo.

A próxima etapa do Mundial de Surfe será novamente na Austrália, em Bells Beach entre os dias 1º e 12 de abril. Em seguida, a disputa vai para Margaret River, no mesmo país. Em maio, os surfistas desembarcam no Rio de Janeiro.

RESULTADOS FINAIS DA ETAPA DE GOLD COAST

Quartas de Final

Miguel Pupo (BRA) 13.70 x 13.67 Wiggolly Dantas (BRA)

Julian Wilson (AUS) 17.44 x 11.17 Taj Burrow (AUS)

Adriano de Souza (BRA) 15.07 x 13.23 Mick Fanning (AUS)

Filipe Toledo (BRA) 17.34 x 16.23 Bede Durbidge (AUS)

Semifinais

Julian Wilson (AUS) 16.26 x 15.60 MiguelPupo (BRA)

Filipe Toledo (BRA) 17.23 x 10.34 Adriano de Souza (BRA)

Final

Filipe Toledo (BRA) 19.60 x 14.70 Julian Wilson (AUS)

http://globoesporte.globo.com