Vereadores estão tendo atitudes "PARA LAMENTAR" e não de PARLAMENTAR

26/02/2021 15h15 - Atualizado há 3 mêses

Tem vereador que quer ser professor de Gari, tem vereador que acha que é policial e tem vereador que pensa que é ilusionista

Cb image default
Divulgação

O cargo de vereador parece que "subiu à cabeça" de alguns de nossos edis, tem gente achando que é professor, outro que é policial e tem até "ilusionista".

A legislatura 21/24 mal começou e já tem vereador se achando a "última bolacha do pacote", querendo ensinar gari a varrer sarjeta, fazendo abordagem "policial" a servidor público e até quem "faça a luz" com uma simples indicação, trazendo a ilusão de que foi o autor do projeto implantado.

Isso só revela o despreparo de certas pessoas que são conduzidas até nossa CASA DE LEIS, por nossas próprias escolhas. Mas isso não significa que devemos esperar quatro anos para reformarmos nossos erros, temos o direito e o dever de cobrar que "nossos representantes" no legislativo se conduzam com ética, moral e principalmente respeito a população. Cobrar que não duvidem de nossa inteligência e muito menos que se achem superiores ao mais humilde de nossos munícipes.

O mandato de vereador não é investidura para que pessoas cometam irregularidades ou desrespeitem a qualquer pessoa, sejam elas servidores públicos, de empresas privadas ou qualquer outro cidadão.

A Câmara está acima de qualquer vereador e nenhum vereador está acima do mais humilde dos munícipes!

Que os vereadores tenham atitude de "PARLAMENTAR"  e não "PARA LAMENTAR".

Por TONI REIS