PSDB de Sidrolândia é salvo, de vexame, pela chuva

31/03/2015 00h00 - Atualizado há 1 ano

A forte chuva que caiu, sobre Sidrolândia, na tarde desta terça-feira, frustrou tucanos e seus aliados. Estava tudo preparado para a recepção a Reinaldo Azambuja, ruas do entorno varridas, buracos das vias de acesso cobertos, “palco” montado, funcionários “convidados”, enfim, tudo o que manda a boa política do PSDB.

Mas parece que o santo de André é mais forte do que o de Azambuja, cerca de uma hora antes do evento, começou uma forte chuva que se arrastou pela tarde inteira, impedindo que o tucano, como já havia feito em Maracajú, posasse como o responsável pelas obras, principalmente pelo recapeamento da Av. Antero Lemes, que é como todos sabem, projeto do ex-governador André Puccinelli.

Se a cada obra de André, inaugurada por Azambuja, chover, o Mato Grosso do Sul terá um ano bastante “molhado”.

Para o executivo municipal a chuva veio a calhar, propiciou desculpas pela falta de presença popular, o que ficaria impossível de justificar se o tempo estivesse bom.