Péssima administração do PSDB, em Sidrolândia, esvazia o movimento de Coronel

16/03/2015 00h00 - Atualizado há 1 ano

Cerca de 40 pessoas estiveram presentes ao movimento “Fora Dilma”, realizado na tarde de hoje (15/03), na praça central de Sidrolândia.

O movimento organizado pelo grupo “Beija Flor”, representado, em Sidrolândia, pelo Coronel Cesar, não obteve o apoio desejado. O comparecimento de “manifestantes”, se restringiu a familiares e alguns amigos, dentre eles os PSDEBISTAS Zoé Prates e a “Dona Rosa”, Presidente do sindicato dos trabalhadores Rurais de Sidrolândia.

A ínfima adesão popular é um reflexo do que a administração municipal, do PSDB, tem feito, ou não tem feito, pelo município. As críticas ao atual governo são pesadas e comprovadas nas ruas. E, pelo menos até agora, parece ser a maneira do PSDB de governar, pois fatos semelhantes começam a aparecer também no governo do estado, que não completou nem cem dias.

Em comparação com a maioria das capitas, em percentual, o movimento em Sidrolândia, teve mais ou menos o mesmo tamanho, prova de que a pretensão do PSDB e aliados de oposição ao governo Dilma, de vencer esse “terceiro turno”, vai ficar para uma próxima oportunidade.

Agora é esperar para ver se aposição aceita mais essa derrota ou se irá continuar a tentativa de tomar o governo federal, mesmo sem o apoio popular, como já fizeram em 1964.