Empresário que cobrou abertura do comércio e desdenhou do Corona, testou positivo e foi se internar em São Paulo

06/08/2020 22h00 - Atualizado há 1 mês

Jair do Nascimento forçou a reabertura do comércio, desdenhou do vírus e disse que as medidas eram radicais e as pessoas iriam morrer era de fome

Cb image default
Divulgação

O empresário Jair Nascimento, ex-presidente do Hospital Dona Elmiria Silvério

Barbosa, que estava internado com COVID-19 no Proncor de Campo Grande, a cerca de uma semana, embarcou no começo da noite de hoje (06) para São Paulo.

Jair viajou em uma aeronave para transporte de pacientes do hospital israelita, Albert Einstein, para tratar da Covid-19.

Com a viagem para São Paulo só se confirmou o que várias pessoas comentaram em uma postagem de Jair sobre as medidas adotadas pela administração municipal, onde o empresário, no dia 23 de março, desdenhava da gravidade da doença e chamava as medidas de combate ao vírus de radicais, afirmando que iriam morrer mais pessoas de fome do que da doença.

Cb image default
Essa foi a postagem de Jair

Felizmente o empresário tem condições financeiras para poder internar em hospitais particulares e até bancar uma viagem aérea para um dos maiores centros médicos do País e do mundo. Por outro lado, infelizmente,  mais de 99% da população de Sidrolândia não possui essas condições, razão pela qual o governo municipal vem tomando as medidas, consideradas radicais por Jair do Nascimento, na tentativa de evitar mortes, principalmente de nossos idosos ou de nossos doentes crônicos, que não tem a mesma facilidade de irem se tratar em hospital particular em São Paulo.

Desejamos um pronto restabelecimento ao empresário e também que ele volte, para casa, com outra VISÃO do mundo e da função que cada um desempenha nele. 

Por TONI REIS