RIO BRILHANTE: Homem é denunciado por incentivar aglomerações em redes sociais

30/06/2020 08h52 - Atualizado há 6 dias
Cb image default
Prefeitura de Rio Brilhante

Homem de 37, morador em Rio Brilhante, foi denunciado por incitação ao crime na Delegacia de Polícia Civil da cidade que reside. A ação partiu da Procuradoria Geral do Município.

Conforme a denúncia, o homem supostamente se utilizava das redes sociais para incentivar as pessoas ao descumprimento de decretos municipais que constam sobre a recomendação de isolamento social, como prevenção e controle do covid-19.

Conforme o relato à polícia, além de publicações, ele também se pronunciava sobre o assunto em “lives” no Facebook.

O isolamento social tem sido recomendado pelos municípios aos populares. A medida é um dos direcionamentos da OMS (Organização Mundial de Saúde) para a prevenção do coronavírus, visto que caso uma pessoa que não tenha o vírus tenha contato direto com uma pessoa infectada (aperto de mão, gotículas de saliva), o contágio pode acontecer. A transmissão também ocorre durante o toque a objetos ou superfícies contaminadas como celulares, mesas, balcões, outros.

O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante.

PANDEMIA

Em Rio Brilhante o coronavírus já fez duas vítimas fatais em 2020. Conforme o boletim da SES (Secretaria de Estado de Saúde), 316 pessoas estão infectadas pelo vírus na cidade, sendo um dos maiores índices de contaminação do Estado.

Conforme mostrado pelo Dourados News, no dia 24, o prefeito de Rio Brilhante, Donato Lopes (PSDB) anunciou "lockdown" no município, com fechamento do comércio e manutenção apenas dos serviços essenciais.

"Fica suspenso o atendimento presencial ao público no Comércio e Prestação de serviços em Geral, por um período de 14 dias a partir de 26 de junho de 2020. Excepcionalmente fica autorizada a abertura para atendimento ao público pelas Farmácias/Drogarias, entregas de gás e água mineral a domicilio e postos de combustível, sendo estes exclusivamente para abastecimento de veículos, todos os dias das 06 horas até as 20 horas”, diz parte do texto publicado no Diário Oficial".

Em Rio Brilhante, está proibido o consumo de alimentos e bebidas em estabelecimentos especializados, sendo autorizado apenas os serviços de entrega.

Já supermercados, mercados, açougues, frutarias e padarias podem abrir as portas, mas, entre as 6h e 19h de segunda a sexta-feira e 6h às 12h aos sábados, sempre limitando a quantidade de pessoas dentro desses estabelecimentos.

Além do comércio, os órgãos públicos também serão afetados na cidade e permanecerão fechados no mesmo período para atendimento presencial.  

Por Gizele Almeida

DOURADOS NEWS