Depois de martelar a cabeça da mãe e tentar matar madrasta, rapaz mata o pai com oito facadas

25/11/2021 16h04 - Atualizado há 4 dias

Segundo o dono do imóvel onde a família morava, o filho sofre de esquizofrenia

Cb image default
Polícia prendeu o acusado dentro de casa, no bairro São José - Divulgação

Na manhã desta quita-feira (25), um homem foi preso suspeito de matar o próprio pai com golpes de facas, em Araraquara (SP).

O suspeito, filho da vítima de 39 anos, sofre de esquizofrenia e segundo Roberto Augustone, o dono do imóvel onde a família morava, o menino estava em um surto quando golpeou o pai, e já havia agredido a mãe em outra oportunidade.

"Moravam ele, a nova esposa e o filho, ele ficou sozinho com filho. Em São Paulo ele já deu uma martelada na cabeça da mãe, que foi para o hospital, mas não morreu. O pai foi buscar por esse motivo. Depois disso ele já tinha tentado matar a madrasta, foi preso e solto, porque tem problema. E agora matou o pai", disse Roberto ao jornal A cidade on.

Segundo informações da polícia, o filho aplicou pelo menos oito golpes de faca no pai, que por sua vez não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o acusado. Ele e as testemunhas foram encaminhados ao 2° Distrito Policial, onde serão ouvidos.

Maria Eduarda Fernandes

MIDIAMAX